Notícias de Crato, Ceará.

Cratense ganha ação inédita para poder engravidar

A cratense Rita de Cássia, de 40 anos, conseguiu uma decisão inédita na Justiça cearense. A decisão garantiu a ela o direito de fertilização in vitro. Rita passou a ter dificuldades de engravidar por conta da medicação para tratamento contra o Lúpus, uma doença autoimune.

A decisão em favor dela foi proferida no último 10 de maio, data que se comemora o Dia Mundial do Lúpus. A decisão ocorreu depois de intervenção no Núcleo Especializado em Saúde, da Defensoria Pública em Crato.

"Estou meio atônita, a ficha ainda não caiu. Foi mais uma conquista, a minha vida sempre foi de batalhas. Quando eu descobri o lúpus, tive praticamente um tempo [determinado] de vida. Agora, esse processo que era praticamente impossível e agora vamos partir para fertilização de fato", disse Rita, emocionada.

Saiba mais detalhes neste link.


ATENÇÃO: Esse artigo é de direito reservado. Sua reprodução, parcial ou total, mesmo citando nossos links, é proibida sem a autorização do autor. PLÁGIO É CRIME e está previsto no artigo 184 do Código Penal. - e no artigo 5º da Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais.
Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Expediente

O Crato Em Foco é mantido por Robson Roque, jornalista, historiador, mestrando em Jornalismo e especialsita em Comunicação e Marketing em Mídias Digitais. Contato: (88) 9 9714-0886

Destaque

Prefeito de Crato garante urbanização da Baixada Fluminense

Recursos articulados pelo vereador Amadeu de Freitas (PT) junto a deputada federal Luizianne Lins (PT), por meio de emenda parlamentar, v...