Notícias de Crato, Ceará.

Samuel Araripe tem direitos políticos cassados por 4 anos e recorre

Foto: Divulgação

O ex-prefeito do Crato, Samuel Araripe (PSDB) teve os direitos políticos cassados  pelo juiz titular da 1ª Vara Cível da Comarca de Crato, José Batista de Andrade. A ação civil foi movida pelo Ministério Publico Estadual, por improbidade, referente ao ano de 2012. Com a decisão, o ex-prefeito não pode se candidatar a cargo político pelos próximos quatro anos.

O Ministério Público alega que Samuel fez propaganda divulgando a construção de um Centro de Especialidades Odontológicas com recursos da prefeitura em parceria com o Governo do Estado. De acordo com o magistrado, a obra, no entanto, contou apenas com verba estadual, sem participação da prefeitura.

A ação cabe recurso e a assessoria de Samuel Araripe emitiu nota afirmando que o ex-gestor cratense vai recorrer. Confira a nota:

NOTA DE ESCLARECIMENTO: Em relação a sentença proferida no processo no 2024.96.2007.8.06.0071/0, esclareço que, por discordar do seu conteúdo, será apresentado recurso de apelação a ser julgado pelo Tribunal de Justiça do Estado do Ceara, onde acredito que será revisto o entendimento do Juízo da 1a Vara Cível da Comarca de Crato/Ce, pois ato de improbidade administrativa não restou configurado no caso dos autos. O ato alegado pelo Ministério Público e acatado pelo Juiz não envolve desvio de recursos públicos.

Foi ,simplesmente, porque o Juiz entendeu que uma publicidade da Prefeitura não correspondia a verdade, no caso a parceria na realização do CEO. A Prefeitura dizia, em seu material publicitário, que existia uma parceria na realização do CEO e o Juiz entendeu que não.

Vale lembrar que aquele terreno onde está construído o CEO é da Prefeitura, foi a contra partida do município na parceria e que, naquela época, foi assinado um convênio entre o Estado e o Município onde este se comprometia com parte do custeio do serviço que seria prestado ali, portanto está clara e evidente a parceria pois o município do Crato entrou com o terreno e com parte do custeio do serviço.

Assina: Samuel Vilar de Alencar Araripe


ATENÇÃO: Esse artigo é de direito reservado. Sua reprodução, parcial ou total, mesmo citando nossos links, é proibida sem a autorização do autor. PLÁGIO É CRIME e está previsto no artigo 184 do Código Penal. - e no artigo 5º da Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais.
Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Expediente

O Crato Em Foco é mantido por Robson Roque, estudante de Jornalismo (penúltimo semestre/ UFCA) e pós-graduado em Comunicação e Marketing Em Mídias Digitais. Contato: (88) 9 9714-0886

Destaque

Moradores reclamam de obra paralisada em Crato

Moradores do entorno da Encosta do Seminário foram surpreendidos, em abril, por uma forte chuva que derrubou parte do paredão da Encosta....