Notícias de Crato, Ceará.

Rua do Crato recebe nome da arqueóloga Rosiane Limaverde

Esposo de Rosiane e atual secretário de Cultura de Juazeiro do Norte, Alemberg Quindins participou da sessão
da Câmara que aprovou a denominação de rua. Foto: Robson Roque - Crato Em Foco

Uma rua o bairro Grangeiro, em Crato, passará a se chamar Rua Arqueóloga Rosiane Limaverde, idealizadora da Fundação Casa Grande – Memorial do Homem Kariri, em Nova Olinda, há quase 25 anos. Ela ajudou a construir o futuro de centenas de crianças e adolescentes junto à fundação.

Ela morreu em 20 de março, em decorrência de um câncer, em casa, na companhia do esposo e atual secretário de Cultura de Juazeiro do Norte, Alemberg Quindins. Ele participou da sessão desta terça-feira, 9, que aprovou Projeto de Lei do vereador Amadeu de Freitas (PT) com a denominação de rua.

“Já estou com vontade de comprar um lote nessa rua para eu morar lá, porque aí vou morar na rua com o nome de Rosiane”, brincou Alemberg. “Brincadeiras à parte, para mim é uma grande honra. Fico muito feliz em receber uma rua com o nome de Rosiane, porque ela era uma pessoa que tinha um amor muito grande à cidade do Crato”.

Casados desde os 18 anos, Alemberg e Rosiane compartilharam a vida juntos durante 35 anos. Para ele, a determinação, a dignidade e a ética marcaram a trajetória dela. “Rosiane é aquela pessoa que morreu de pé”, conta Alemberg. “Até ratifico que, para nós, ela não morreu, Rosiane continua nos projetos que a gente segue encampando”.

“Rosiane é aquela pessoa que morreu de pé. Até ratifico que, para nós, ela não morreu, Rosiane continua nos projetos que a gente segue encampando”. Foto: Robson Roque - Crato Em Foco


Para o vereador Amadeu de Freitas (PT), autor do Projeto de Lei que, aprovado com unanimidade pela Câmara, passa a denominar rua com o nome de Rosiane Limaverde, a comenda é um reconhecimento que o Poder Legislativo faz à arqueóloga que partiu precocemente, mas deixou grande legado.

“Quando falamos em Casa Grande lembramos de Alemberg e de Rosiane Limaverde e essa nossa iniciativa de homenageá-la com seu nome em uma rua do Crato, é uma forma de reconhecer o seu trabalho científico e cultural”, afirma o parlamentar.

A Prefeitura do Crato fará as placas a serem afixadas na rua para identificá-la com o nome da arqueóloga.

Mapa com a localização da rua. Imagem: Google Maps

ATENÇÃO: Esse artigo é de direito reservado. Sua reprodução, parcial ou total, mesmo citando nossos links, é proibida sem a autorização do autor. PLÁGIO É CRIME e está previsto no artigo 184 do Código Penal. - e no artigo 5º da Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais.
Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Expediente

O Crato Em Foco é mantido por Robson Roque, estudante de Jornalismo (penúltimo semestre/ UFCA) e pós-graduado em Comunicação e Marketing Em Mídias Digitais. Contato: (88) 9 9714-0886

Destaque

Moradores reclamam de obra paralisada em Crato

Moradores do entorno da Encosta do Seminário foram surpreendidos, em abril, por uma forte chuva que derrubou parte do paredão da Encosta....