Notícias de Crato, Ceará.

Pequizeiro está ameaçado de extinção no Cariri, apontam catadores

Exploração imobiliária e baixa fiscalização e punições podem levar o peque à extinção no Cariri
Foto: Fernanda Siebra - Diário do Nordeste

Pequizeiros podem entrar em extinção no Cariri. A informação é dada pelo jornalista Wilson Rodrigues na edição desta semana do Jornal do Cariri. A reportagem aponta que a árvore é “brutalmente cortada e eliminada pela exploração imobiliária”.

Praticamente não há replantio da árvore nem punição para responsáveis, mesmo com o pequizeiro protegido por lei ambiental que evita seu corte e a venda de mudas. Catadores há quase 30 anos, Arlindo Nogueira e Carlota Maria disseram ao Jornal do Cariri que muitos pequizeiros estão morrendo sufocados pela densa devastação da Chapada do Araripe e pela falta de zelo.

Nunca presenciamos tanta negligência com o nosso pequizeiro. Não se trata somente de uma árvore, mas de um fruto nutricional, rico em vitaminas A e C, cálcio, fósforo, ferro, fibras e proteínas, que na época de safra oportuniza emprego e renda para centenas de famílias, com reflexos positivos na economia do Cariri, além de ser alimento saboroso, grande poder medicinal e é uma planta referência na região”.

Abaixo-assinado
Os catadores planejam promover um abaixo-assinado e registrar denúncia a órgãos competentes e o pedido de medidas a serem tomadas, como fiscalização e punições. O Jornal ainda aponta que o número de pequizeiros plantados numa área da zona rural diminuiu de 500 para 300 árvores.

“Caso não seja feito nada em prol da sobrevivência, o nosso pequi vai desaparecer completamente”, diz Tota Lobo, ex-presidente de associação de moradores do Sítio São José, em Crato. “A população deve exigir das autoridades a aplicação das leis que proíbem a derrubada do pequizeiro”, acrescenta.

A saída do escritório regional do Ibama de Crato para Iguatu e a consequente diminuição da fiscalização podem ter contribuído para a ameaça de extinção do pequizeiro. Técnicos da Embrapa buscam alternativas tecnológicas para uso mais amplo do peque, que pode ser armazenado por quase um ano.


ATENÇÃO: Esse artigo é de direito reservado. Sua reprodução, parcial ou total, mesmo citando nossos links, é proibida sem a autorização do autor. PLÁGIO É CRIME e está previsto no artigo 184 do Código Penal. - e no artigo 5º da Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais.
Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Expediente

O Crato Em Foco é mantido por Robson Roque, estudante de Jornalismo (penúltimo semestre/ UFCA) e pós-graduado em Comunicação e Marketing Em Mídias Digitais. Contato: (88) 9 9714-0886

Destaque

Prefeito de Crato garante urbanização da Baixada Fluminense

Recursos articulados pelo vereador Amadeu de Freitas (PT) junto a deputada federal Luizianne Lins (PT), por meio de emenda parlamentar, v...