Notícias de Crato, Ceará.

Pequizeiro está ameaçado de extinção no Cariri, apontam catadores

Exploração imobiliária e baixa fiscalização e punições podem levar o peque à extinção no Cariri
Foto: Fernanda Siebra - Diário do Nordeste

Pequizeiros podem entrar em extinção no Cariri. A informação é dada pelo jornalista Wilson Rodrigues na edição desta semana do Jornal do Cariri. A reportagem aponta que a árvore é “brutalmente cortada e eliminada pela exploração imobiliária”.

Praticamente não há replantio da árvore nem punição para responsáveis, mesmo com o pequizeiro protegido por lei ambiental que evita seu corte e a venda de mudas. Catadores há quase 30 anos, Arlindo Nogueira e Carlota Maria disseram ao Jornal do Cariri que muitos pequizeiros estão morrendo sufocados pela densa devastação da Chapada do Araripe e pela falta de zelo.

Nunca presenciamos tanta negligência com o nosso pequizeiro. Não se trata somente de uma árvore, mas de um fruto nutricional, rico em vitaminas A e C, cálcio, fósforo, ferro, fibras e proteínas, que na época de safra oportuniza emprego e renda para centenas de famílias, com reflexos positivos na economia do Cariri, além de ser alimento saboroso, grande poder medicinal e é uma planta referência na região”.

Abaixo-assinado
Os catadores planejam promover um abaixo-assinado e registrar denúncia a órgãos competentes e o pedido de medidas a serem tomadas, como fiscalização e punições. O Jornal ainda aponta que o número de pequizeiros plantados numa área da zona rural diminuiu de 500 para 300 árvores.

“Caso não seja feito nada em prol da sobrevivência, o nosso pequi vai desaparecer completamente”, diz Tota Lobo, ex-presidente de associação de moradores do Sítio São José, em Crato. “A população deve exigir das autoridades a aplicação das leis que proíbem a derrubada do pequizeiro”, acrescenta.

A saída do escritório regional do Ibama de Crato para Iguatu e a consequente diminuição da fiscalização podem ter contribuído para a ameaça de extinção do pequizeiro. Técnicos da Embrapa buscam alternativas tecnológicas para uso mais amplo do peque, que pode ser armazenado por quase um ano.


ATENÇÃO: Esse artigo é de direito reservado. Sua reprodução, parcial ou total, mesmo citando nossos links, é proibida sem a autorização do autor. PLÁGIO É CRIME e está previsto no artigo 184 do Código Penal. - e no artigo 5º da Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais.
Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Expediente

O Crato Em Foco é mantido por Robson Roque, estudante de Jornalismo (penúltimo semestre/ UFCA) e pós-graduado em Comunicação e Marketing Em Mídias Digitais. Contato: (88) 9 9714-0886

Destaque

Moradores reclamam de obra paralisada em Crato

Moradores do entorno da Encosta do Seminário foram surpreendidos, em abril, por uma forte chuva que derrubou parte do paredão da Encosta....