Notícias de Crato, Ceará.

Não aceito o Crato perder um centímetro, diz Zé Ailton Brasil


A nova lei que atualiza os limites dos municípios gerou polêmica no Cariri, especialmente entre internautas nas redes sociais. Ela foi aprovada pela Assembleia Legislativa do Ceará, com emenda do então deputado e agora prefeito do Crato, Zé Ailton Brasil, em 29 de dezembro.

Comentários na internet davam conta de que Juazeiro do Norte perderia terras para Crato, Barbalha, Missão Velha e Caririaçu. Memes nas redes sociais apontavam o Horto e o Padre Cícero como de Caririaçu e o Aeroporto de Barbalha, além de extensa faixa de terra que passaria a pertencer ao Crato.

Em entrevista ao Crato Em Foco, o prefeito do Crato, Zé Ailton Brasil, explica que nenhuma cidade perde terra com a nova lei, que está suspensa por liminar do Tribunal de Justiça do Ceará. “A emenda do então deputado Zé Ailton de maneira alguma foi para prejudicar A ou B, tirar terreno de qualquer município”, afirma o gestor.

O prefeito cratense relembra a criação do Distrito Industrial do Cariri, instalado em área cujos limites fazem divisa com as três cidades que formam o Triângulo CraJuBar. Segundo Zé Ailton, o Crato perderia grande parte do Distrito Industrial com o texto original da nova lei.

“Então o que nós fizemos foi colocar uma emenda referente àquela área restabelecendo os mesmos limites da lei de 1951. Em nenhum momento nós colocamos que Crato iria avançar sobre Juazeiro. A divisa do Crato com o Juazeiro continua sendo ali no São José, mais precisamente no Teleguincho”.

Crato pode perder terras?

O prefeito ainda admitiu não aceitar que o Crato perca terras. “Como prefeito e cidadão do Crato eu não aceito que percamos um centímetro do que temos hoje. O meu comportamento como deputado foi garantir os direitos de cada município cearense e foi o que eu fiz e vou continuar lutando muito mais como prefeito do Crato para que todas as suas conquistas e seus direitos permaneçam porque não podemos de maneira nenhuma perder espaço”. 

Liminar

O vereador Thiago Esmeraldo (PP) cobrou que a Câmara de Vereadores do Crato entre com recurso para barrar a liminar que suspende a lei.

Zé Ailton Brasil diz não ter ainda tomado conhecimento do teor da liminar. “O que eu estou sabendo é que ela tem um teor mais de Barbalha com Juazeiro. Eu vou olhar, mas garanto uma coisa: a preservação do município do Crato continua na sua íntegra”, finaliza.


ATENÇÃO: Esse artigo é de direito reservado. Sua reprodução, parcial ou total, mesmo citando nossos links, é proibida sem a autorização do autor. PLÁGIO É CRIME e está previsto no artigo 184 do Código Penal. - e no artigo 5º da Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais.
Compartilhe:

1 comentários:

  1. INFELIZMENTE PREFEITO, VOCÊ VAI TER QUE SE CONTENTAR COM O QUE TEM, JUAZEIRO NUNCA VAI PERDER TERRITÓRIO PRO CRATO, MESMO COM SUA GANANCIA, VÓIS ME CÊ TEM OS OLHOS MAIOR QUE A CARA!

    ResponderExcluir

Expediente

O Crato Em Foco é mantido por Robson Roque, estudante de Jornalismo (penúltimo semestre/ UFCA) e pós-graduado em Comunicação e Marketing Em Mídias Digitais. Contato: (88) 9 9714-0886

Destaque

Caminhão de limpeza pública derruba árvore de projeto

Árvore frutífera fazia parte do projeto Cinturão Verde, para educação ambiental e outras práticas Foto: Coletivo Camaradas Moradores ...