Notícias de Crato, Ceará.

Urca modificará forma de ingresso de novos estudantes

Foto: Robson Roque - Crato Em Foco
A Urca planeja ofertar metade de suas vagas para estudantes que cursarem o ensino médio em escolas públicas. Dentro desse percentual ainda haverá vagas destinadas a negros, deficientes e quem more em comunidades indígenas ou quilombolas.

Conforme o professor Egberto Melo, Pró-reitor de Ensino e Graduação da Urca, foi montada uma comissão em agosto de 2016 para estudar a legislação que trata do regime de cotas e ações afirmativas, bem como práticas tomadas por outras universidades quanto à inclusão. “Chegamos a um documento já formalizado que nós vamos encaminhar para os conselhos superiores da universidade”, afirma o pró-reitor.

Um Seminário no próximo dia 7 e uma audiência pública em 14 de fevereiro vão discutir a implantação do sistema de cotas na Urca. “A ideia é que nesse seminário possamos ter mais subsídios, discutir com a comunidade acadêmica e a sociedade em geral para que todos possam conhecer a proposta da Urca em relação às cotas e, a partir disso, nós vamos fechar e encaminhar essa proposta para os conselhos”.

A proposta básica inicial da Urca, feita pela comissão, é destinar metade das vagas a estudantes que tenha cursado todo o ensino médio em escola pública. “Na prática a Urca já faz isso”, destaca o professor Egberto. “Já temos uma política de cotas quando a gente dispensa os estudantes escola pública de pagar a inscrição, porém queremos avançar neste sentido”.

O pró-reitor ressalta que, para além das cotas, existem políticas que visam a permanência do estudante na universidade. “Propomos, ainda, uma série de políticas internas para reforçar, porque não adianta garantirmos só o acesso, que é o primeiro passo. É preciso pensarmos na permanência desses estudantes com políticas de bolsa, de residência e restaurante universitários”.

Pró-reitor de graduação, professor Egberto Melo. Foto: Robson Roque - Estuda Cariri

Novo sistema será implantado este ano

A implantação do sistema de cotas deve acontecer no vestibular do final deste ano para os estudantes que vão ingressar na Urca no semestre 2018.1. Toda a proposta será divulgada no edital do vestibular de final de ano. 

Antes disso, no entanto, a Urca abre espaço para discutir a proposta feita pela comissão e receber novas ideias, nos dias 7 e 14 de fevereiro quando realiza o seminário para debater a implantação do sistema de cotas e uma audiência pública, respectivamente. Para participar do Seminário é preciso inscrever-se, neste link.

ATENÇÃO: Esse artigo é de direito reservado. Sua reprodução, parcial ou total, mesmo citando nossos links, é proibida sem a autorização do autor. PLÁGIO É CRIME e está previsto no artigo 184 do Código Penal. - e no artigo 5º da Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais.
Compartilhe:

3 comentários:

  1. seria somente para alunos de escola pública do ceará, ou também de outros estados, como pernambuco ?

    ResponderExcluir
  2. A URCA daria um grande passo se adotar o SISU para o ingresso de novos alunos.

    ResponderExcluir
  3. as vagas serão somente para estudantes de escola pública do ceará, ou também de outros estados ?

    ResponderExcluir

Expediente

O Crato Em Foco é mantido por Robson Roque, estudante de Jornalismo (penúltimo semestre/ UFCA) e pós-graduado em Comunicação e Marketing Em Mídias Digitais. Contato: (88) 9 9714-0886

Destaque

Moradores reclamam de obra paralisada em Crato

Moradores do entorno da Encosta do Seminário foram surpreendidos, em abril, por uma forte chuva que derrubou parte do paredão da Encosta....