Notícias de Crato, Ceará.

Urca modificará forma de ingresso de novos estudantes

Foto: Robson Roque - Crato Em Foco
A Urca planeja ofertar metade de suas vagas para estudantes que cursarem o ensino médio em escolas públicas. Dentro desse percentual ainda haverá vagas destinadas a negros, deficientes e quem more em comunidades indígenas ou quilombolas.

Conforme o professor Egberto Melo, Pró-reitor de Ensino e Graduação da Urca, foi montada uma comissão em agosto de 2016 para estudar a legislação que trata do regime de cotas e ações afirmativas, bem como práticas tomadas por outras universidades quanto à inclusão. “Chegamos a um documento já formalizado que nós vamos encaminhar para os conselhos superiores da universidade”, afirma o pró-reitor.

Um Seminário no próximo dia 7 e uma audiência pública em 14 de fevereiro vão discutir a implantação do sistema de cotas na Urca. “A ideia é que nesse seminário possamos ter mais subsídios, discutir com a comunidade acadêmica e a sociedade em geral para que todos possam conhecer a proposta da Urca em relação às cotas e, a partir disso, nós vamos fechar e encaminhar essa proposta para os conselhos”.

A proposta básica inicial da Urca, feita pela comissão, é destinar metade das vagas a estudantes que tenha cursado todo o ensino médio em escola pública. “Na prática a Urca já faz isso”, destaca o professor Egberto. “Já temos uma política de cotas quando a gente dispensa os estudantes escola pública de pagar a inscrição, porém queremos avançar neste sentido”.

O pró-reitor ressalta que, para além das cotas, existem políticas que visam a permanência do estudante na universidade. “Propomos, ainda, uma série de políticas internas para reforçar, porque não adianta garantirmos só o acesso, que é o primeiro passo. É preciso pensarmos na permanência desses estudantes com políticas de bolsa, de residência e restaurante universitários”.

Pró-reitor de graduação, professor Egberto Melo. Foto: Robson Roque - Estuda Cariri

Novo sistema será implantado este ano

A implantação do sistema de cotas deve acontecer no vestibular do final deste ano para os estudantes que vão ingressar na Urca no semestre 2018.1. Toda a proposta será divulgada no edital do vestibular de final de ano. 

Antes disso, no entanto, a Urca abre espaço para discutir a proposta feita pela comissão e receber novas ideias, nos dias 7 e 14 de fevereiro quando realiza o seminário para debater a implantação do sistema de cotas e uma audiência pública, respectivamente. Para participar do Seminário é preciso inscrever-se, neste link.

ATENÇÃO: Esse artigo é de direito reservado. Sua reprodução, parcial ou total, mesmo citando nossos links, é proibida sem a autorização do autor. PLÁGIO É CRIME e está previsto no artigo 184 do Código Penal. - e no artigo 5º da Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais.
Compartilhe:

3 comentários:

  1. seria somente para alunos de escola pública do ceará, ou também de outros estados, como pernambuco ?

    ResponderExcluir
  2. A URCA daria um grande passo se adotar o SISU para o ingresso de novos alunos.

    ResponderExcluir
  3. as vagas serão somente para estudantes de escola pública do ceará, ou também de outros estados ?

    ResponderExcluir

Expediente

O Crato Em Foco é mantido por Robson Roque, estudante de Jornalismo (penúltimo semestre/ UFCA) e pós-graduado em Comunicação e Marketing Em Mídias Digitais. Contato: (88) 9 9714-0886

Destaque

Prefeito de Crato garante urbanização da Baixada Fluminense

Recursos articulados pelo vereador Amadeu de Freitas (PT) junto a deputada federal Luizianne Lins (PT), por meio de emenda parlamentar, v...