Notícias de Crato, Ceará.

Prefeito do Crato envia proposta de Reforma Administrativa à Câmara de Vereadores

Proposta de Reforma Administrativa para o Crato foi discutida entre secretários e vereadores |
Foto: Câmara do Crato - Divulgação

A Câmara de Vereadores do Crato recebeu, na manhã desta quarta-feira, 8, proposta de Reforma Administrativa para o município do Crato pretendida pelo Poder Executivo. Durante reunião na Sala da Presidência, o secretário de Finanças, Carlos Eduardo dos Santos Marino, apresentou a proposta e esclareceu dúvidas dos vereadores.

“Recebemos o secretário, que veio entregar em mãos a mensagem do prefeito”, afirma o presidente da Câmara, Florisval Coriolano (PRTB). “Nós daremos entrada na próxima sessão e estamos entregando aos vereadores para que eles analisem a proposta e fiquem bem situados”, completa.

Participaram da reunião, além do presidente, os vereadores Adil (PSC), Antônio de Mano (PPL), Amadeu de Freitas e Pedro Lobo (ambos do PT), Fernando Brasil (PP) e Renan Almeida (PEN), da mesma maneira que o secretário de Governo, Felipe Correia e o futuro secretário da Controladoria e Ouvidoria do Crato, Otoni Lima Bezerra.

Reforma Administrativa
Conforme o secretário de Finanças, Carlos Eduardo, o objetivo da proposta de Reforma Administrativa é “buscar uma organização mais racional do município do Crato”. Para tal fim, é premissa do prefeito Zé Ailton Brasil a redução do número de cargos comissionados que passam de 717 para 505 e compreende redução de 30%, e diminuição no valor gastos com estes cargos.

“Elas têm o objetivo de realmente reduzir gastos, de reduzir a máquina pública, mas sem afetar os serviços prestados ao cidadão”, observa o secretário, para acrescentar em seguida: “Na realidade é uma reforma que tenta apenas racionalizar a administração pública municipal”.

Valorização do Servidor Público
A reforma Administrativa irá, segundo o secretário, ampliar a valorização do servidor público. “Estamos acabando com a figura de uma função gratificada que remunerava, em menor intensidade, o servidor efetivo do que aquele que não é efetivo, mas de livre nomeação”.

Redução de Secretarias
O secretário enfatizou, durante a reunião, que o número de secretarias será reduzido de 20 para 14 – com a permanência da Secretaria de Segurança Pública. “Não estamos eliminando as atividades nem os serviços municipais. Na realidade estamos reorganizando e aglutinando as atividades comuns em uma mesma secretaria”, afirma.

Economia de R$ 25 milhões
Com o intuito de “fazer mais gastando menos”, a redução de cargos comissionados, gratificações, de secretarias e outros aspectos da Reforma Administrativa, vão proporcionar, de acordo com o secretário Carlos Eduardo Marino, economia de R$ 25 milhões nas finanças do Crato.

“Tenho a certeza que a Câmara Municipal vai fazer a melhor avaliação, propor melhorias ao projeto e tenho certeza que para o Crato teremos uma estrutura organizacional bem mais moderna que faça mais gastando menos”, finaliza o secretário.

Vereadores analisam a proposta
Segundo o presidente da Câmara, Florisval Coriolano, todos os vereadores do Crato vão receber hoje a proposta de Reforma Administrativa para o município do Crato, projeto do Poder Executivo. Os parlamentares analisarão o projeto para na próxima semana discuti-lo. 
Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Expediente

O Crato Em Foco é mantido por Robson Roque, estudante de Jornalismo (penúltimo semestre/ UFCA) e pós-graduado em Comunicação e Marketing Em Mídias Digitais. Contato: (88) 9 9714-0886

Destaque

Moradores reclamam de obra paralisada em Crato

Moradores do entorno da Encosta do Seminário foram surpreendidos, em abril, por uma forte chuva que derrubou parte do paredão da Encosta....