Notícias de Crato, Ceará.

Câmara discute mudança de horário das sessões

Primeira sessão ordinária do ano foi realizada nesta terça-feira | Foto: Henrique Maia

As sessões da Câmara do Crato poderão ser realizadas em novo horário. A proposta inicial previa que as atividades fossem realizadas a noite. Após ampla discussão na sessão desta terça-feira, 7, foi sugerida pelos vereadores Thiago Esmeraldo (PP) e Maurício Almeida (PDT) a alternância de horários.

Através da proposta dos dois parlamentares, a sessão que se realiza às segundas-feiras permaneceria pela manhã, enquanto as deliberações das terças-feiras passariam a serem conduzidas de 18h30 às 21h30. A proposta de emenda ao Regimento Interno da Câmara deve ser discutida em duas votações.

“Foi um pedido de vários vereadores que disseram ter existido muita cobrança em relação à mudança de horário”, diz o presidente Florisval Coriolano (PRTB). “Como foi mais de um terço de vereadores que nos procurou, nós resolvemos colocar nesse horário das 18h30, pensando em melhorar a visita da população às sessões”, acrescenta.  

Durante as discussões sobre o tema na sessão desta terça-feira, o vereador Roberto Anastácio (PTN) desejava que a mudança de horário fosse colocada em prática para que se avalie a participação popular no período noturno, já que tem recebido muitas solicitações neste sentido.

Já o vereador Renan Almeida (PEN) afirmou preferir que a alteração não seja repentina, visto que se preparou para atividades durante as manhãs. Fernando Brasil (PP) destacou a falta de segurança caso as sessões noturnas ultrapassem às 21h30.

O presidente da Câmara, Florisval Coriolano (PRTB) reiterou que as sessões devem começar pontualmente segundo o horário regimental. Segundo ele, quando elas começam com atraso e o horário ultrapassa às 11 horas da manhã, o rendimento das discussões tende a cair.

No seu quinto mandato, o professor Gilson disse ter percebido, em legislaturas passadas, a ausência de estudantes nas sessões diurnas. Estreante na Casa, Ticiana (PSDB) ponderou que a mudança seja um teste e que caso não alcance seus efeitos, as sessões deveriam ser retomadas para as manhãs.

Discussão e votação
Segundo o presidente, no decorrer da semana o assunto continuará em debate. Ele sugeriu que os veículos de comunicação sejam promotores de discussão em torno da mudança para que se perceba o desejo da população cratense.

Na sessão da próxima segunda-feira, 13, o assunto novamente será apreciado pelos vereadores e votado no formato alternado, com sessões nas manhãs de segundas-feiras e noite das terças-feiras.



ATENÇÃO: Esse artigo é de direito reservado. Sua reprodução, parcial ou total, mesmo citando nossos links, é proibida sem a autorização do autor. PLÁGIO É CRIME e está previsto no artigo 184 do Código Penal. - e no artigo 5º da Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais.
Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Expediente

O Crato Em Foco é mantido por Robson Roque, jornalista, historiador, mestrando em Jornalismo e especialsita em Comunicação e Marketing em Mídias Digitais. Contato: (88) 9 9714-0886

Destaque

Prefeito de Crato garante urbanização da Baixada Fluminense

Recursos articulados pelo vereador Amadeu de Freitas (PT) junto a deputada federal Luizianne Lins (PT), por meio de emenda parlamentar, v...