Notícias de Crato, Ceará.

Governo de Dom Fernando Panico chega ao fim após 15 anos: "Agora vou viver"

Passagem do báculo marca início de novo governo na Diocese do Crato | Foto: Robson Roque - Crato Em Foco

O ciclo de 15 anos e seis meses de Dom Fernando Panico a frente da Diocese de Crato chegou ao fim neste domingo, primeiro dia de 2017. A passagem do cajado de pastor e a troca de assentos entre os bispos ao final de missa com três horas e meia de duração, simbolizaram um novo tempo para a Igreja local.

O rito marcou o início do governo episcopal de Dom Gilberto Pastana de Oliveira. Ele atuava como ajudante de Dom Fernando Panico há cinco meses. Seu primeiro ato como novo bispo será reunir todos os padres da Diocese nesta segunda-feira.

No encontro, ele apresentará um resumo de tudo o que encontrou na diocese durante os cinco meses. “Apresentarei aos padres para que eles tomem consciência de tal modo que a nossa visão seja uma visão conjunta, falemos a mesma língua, tenhamos a mesma compreensão, o mesmo entendimento”, disse Dom Gilberto ao Crato Em Foco.

Foto: Robson Roque - Crato Em Foco

Ao final da missa, Dom Fernando concedeu entrevista ao Crato Em Foco: “Minha palavra é de gratidão pela colaboração eu recebei e, sobretudo, agradeço a Deus pela força que me deu, para que pudesse levar até hoje o nosso trabalho”.

“Agora está nas mãos de Deus, do meu sucessor, a continuação deste lindo serviço à causa de Deus, no meio desses romeiros, sabendo que somos todos peregrinos, missionários, tudo isso que o Padre Cícero queria de nós”, acrescenta.
Foto: Robson Roque - Crato Em Foco

Questionado sobre o que pretendia fazer agora, enquanto bispo emérito e longe das responsabilidades do cargo que outrora ocupou, Dom Fernando Panico vou enfático: “Agora vou viver”.

Em seus quinze anos a frente da Diocese de Crato, Dom Fernando Panico colecionou denúncias, como um vídeo em que o acusam de exploração e assédio sexual, e benfeitorias. 

Dentre suas conquistas, estão a ordenação de 68 padres e 40 diáconos permanentes, criação de 13 paróquias, casas de recuperação de dependentes químicos e, principalmente, a reabilitação de Padre Cícero e a abertura do processo de Beatificação de Benigna.

Mais de 100 padres participaram da missa | Foto: Robson Roque - Crato Em Foco


ATENÇÃO: Esse artigo é de direito reservado. Sua reprodução, parcial ou total, mesmo citando nossos links, é proibida sem a autorização do autor. PLÁGIO É CRIME e está previsto no artigo 184 do Código Penal. - e no artigo 5º da Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais.
Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Expediente

O Crato Em Foco é mantido por Robson Roque, estudante de Jornalismo (penúltimo semestre/ UFCA) e pós-graduado em Comunicação e Marketing Em Mídias Digitais. Contato: (88) 9 9714-0886

Destaque

Semana Santa: Prefeitura de Crato fiscaliza comércio de peixes

A Vigilância Sanitária de Crato promove fiscalização em estabelecimentos que vendem peixes de olho na qualidade dos produtos comerciali...