Notícias de Crato, Ceará.

Crato será sede do Escritório Regional de Cultura

Foto: Reprodução da Internet

Por Robson Roque e Rafael Pereira,
Com informações do Jornalista Wilson Rodrigues

A cidade do Crato receberá um dos cinco Escritórios de Cultura, criados pela Secretaria de Cultura (Secult) do estado para descentralizar os serviços da pasta. A unidade será instalada no Parque de Exposições Pedro Felício Cavalcante e será coordenada pela ex-secretária de Cultura do Crato, Dane de Jade.
Conforme a Secult, a ideia do projeto é diminuir a burocracia em serviços para a cultura e o Crato vai liderar os 32 municípios que formam a região do Cariri. Segundo Dane de Jade, em entrevista ao Jornalista Wilson Rodrigues, as ações do escritório serão definidas em contato com o Secretário de Cultura do estado, Fabiano Piúba.
“Creio que, inicialmente, o Escritório Cultural do Cariri deverá assistir, representar e acompanhar as orientações da Secult, contribuindo para a formulação e avaliação de políticas públicas para o setor, programas, editais, projetos e demais atividades afins, atendendo e orientando o público quanto aos serviços prestados”, disse Dane de Jade.
Sobre a questão dos financiamentos e verbas públicas repassados principalmente para eventos culturais, ainda não se sabe qual a competência do escritório regional para a questão. Nenhum investimento, contudo, será aprovado sem passar pela apreciação do Escritório Regional.
“O que podemos afirmar é que as secretarias municipais de Cultura serão fortalecidas por estas centrais, atuando como elo entre elas, no apoio a demandas, oportunidades e necessidades, com o objetivo de potencializar a política municipal de cultura e tratá-la como eixo estruturante para o desenvolvimento do território Cariri”, completa.

Opinião de artistas

Para artistas e defensores da cultura esta será uma oportunidade para que projetos sejam efetivados considerando os muitos que ainda não saíram da gaveta por falta de investimento e interesse dos gestores.
“Por falta de dinheiro, políticas públicas e até mesmo boa vontade, centenas de trabalhos elaborados por nossos artistas estão engavetados, alguns já defasados e fora de uso”, disse o artista plástico Rafael Oliveira Sobrinho.
Para o professor Cacá Araújo a criação desses empreendimentos só terão êxito se forem para a desburocratizar o sistema e só funciona se realmente se investir em ações e projetos. 

“Não adianta criar escritórios, montar estilos novos, anunciar ações, implementar novas medidas, tomar iniciativas sem ter dinheiro para investir, patrocinar, amparar e efetivar programas e projetos.”
Segundo a coordenadora, esse empreendimento é uma nova oportunidade de tornar a cultura caririense um elemento de promoção humana e sustentável.
Os Escritórios Regionais fazem parte de uma série de medidas para a cultura propostas pelo governador Camilo Santana a fim de facilitar o diálogo sobre políticas voltadas à essa área.

Com informações do Repórter Wilson Rodrigues.

ATENÇÃO: Esse artigo é de direito reservado. Sua reprodução, parcial ou total, mesmo citando nossos links, é proibida sem a autorização do autor. PLÁGIO É CRIME e está previsto no artigo 184 do Código Penal. - e no artigo 5º da Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais.
Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Expediente

O Crato Em Foco é mantido por Robson Roque, jornalista, historiador, mestrando em Jornalismo e especialsita em Comunicação e Marketing em Mídias Digitais. Contato: (88) 9 9714-0886

Destaque

Urca consegue aprovação de novo mestrado

A Universidade Regional do Cariri (Urca), através do Departamento de Economia, teve aprovado o seu mestrado acadêmico em Economia Regiona...