Notícias de Crato, Ceará.

Banco do Brasil demite 18 funcionários no CraJuBar

Bancários fizeram protestos nas agências | Foto: Robson Roque - Crato Em Foco

Dezoito funcionários foram demitidos do Banco do Brasil nas cidades de Crato, Juazeiro do Norte e Barbalha. A medida é fruto da reestruturação anunciada pelo banco ao lançar plano de aposentadoria incentivada e ampliará o atendimento digital em todo o país. 

Segundo o Sindicato dos Bancários do Cariri, que contesta a medida, outros bancos, como a Caixa Econômica Federal e o Banco do Nordeste, deverão apresentar a mesma ideia, que culminará com a demissão de outros funcionários.

Diretor jurídico do sindicato, Antônio Ambrósio diz enxergar problemas jurídicos na decisão dos bancos relacionado aos incentivos para demissão. “Me parece ser um plano transvestido de ilegalidade. Se eu peço demissão, mas só faço isso por que tem um incentivo, então a minha vontade está contaminada, porque se eu não tivesse esses incentivos eu não pediria para deixar o meu trabalho”, afirma.

Ainda para Antônio Ambrósio, a maior perda que os funcionários terão é deixar de trabalhar. “Ele vai ficar desempregado e, assim, todo o salário, férias, décimo terceiro, FGTS, vão deixar de existir e vai resultar em prejuízo para o trabalhador”, pontua.

Há alguns dias o sindicato organizou manifesto nas agências para dar conhecimento à população desses acontecimentos. O Banco do Brasil pretende fechar 402 agências e 31 superintendências em todo o país, como também, mudar 379 agências em postos de atendimento bancário. 9,3 mil funcionários já foram demitidos.

“Me parece ser um plano transvestido de ilegalidade. Se eu peço demissão, mas só faço isso por que tem um incentivo, então a minha vontade está contaminada, porque se eu não tivesse esses incentivos eu não pediria para deixar o meu trabalho” (Antônio Ambrósio, diretor Jurídico do Sindicato)


ATENÇÃO: Esse artigo é de direito reservado. Sua reprodução, parcial ou total, mesmo citando nossos links, é proibida sem a autorização do autor. PLÁGIO É CRIME e está previsto no artigo 184 do Código Penal. - e no artigo 5º da Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais.
Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Expediente

O Crato Em Foco é mantido por Robson Roque, jornalista, historiador, mestrando em Jornalismo e especialsita em Comunicação e Marketing em Mídias Digitais. Contato: (88) 9 9714-0886

Destaque

Prefeito de Crato garante urbanização da Baixada Fluminense

Recursos articulados pelo vereador Amadeu de Freitas (PT) junto a deputada federal Luizianne Lins (PT), por meio de emenda parlamentar, v...