Notícias de Crato, Ceará.

Centro de Referência para Pessoas com Deficiência pode ser criado em Crato

Proposta foi feita durante curso realizado na URCA e encaminhado ao governador Camilo Santana.
Foto: Robson Roque - Crato Em Foco

Representantes de organizações não governamentais de dez municípios e da sociedade civil do Cariri propuseram a criação de um Centro de referência para pessoas com deficiência. A proposta visa atender a demanda por serviços especializados no sentido de equiparar oportunidades para este público. Também há o objetivo de capacitar pessoas que lidam com quem tem alguma deficiência.

O planejamento faz parte do curso “Gestão e Sustentabilidade em organizações não governamentais de pessoas com deficiências”, realizado semana passada no campus Pimenta, da URCA, aqui em Crato.

“Por enquanto é uma proposta que está sendo levada para o gabinete do governador, numa perspectiva de garantir um serviço que possa equiparar oportunidades”, explica a Consultora de Políticas Públicas e coordenadora do curso, Lisane Marques.

Conforme Lisane, o centro de referência seria “espaço que realmente servisse de referência para as pessoas com deficiência no que diz respeito a serviços, a promoção de capacitações”.

Ela constata que a demanda desse tipo em todo o estado do Ceará ainda é grande. A região do Cariri, por exemplo, possui cerca de 17 mil surdos que muitas vezes se deparam, por exemplo, com a falta de intérpretes de Libras em órgãos públicos.

No Cariri?


Uma das participantes do curso é a consultora e palestrante em acessibilidade Nagela Gonçalves. Ela mora em Juazeiro e defende que o Centro seja implantado no Cariri. Conforme ela conta,

“O processo de desenvolvimento do Brasil como um todo ele relegou o interior durante muitos anos. Os grandes centros de reabilitação e habilitação de pessoas com deficiência sempre se localizam na capital e no litoral brasileiro e no Ceará não tem sido diferente”.

Neste sentido, ela defende que o Centro seja implantado na região do Cariri.

“De modo que nós nos encontramos, aqui no Cariri, totalmente desprovidos de uma referência no sentido de termos um local que disponibilize serviços especializados para as pessoas com deficiência e disponibilize capacitações para as pessoas que lidam com as pessoas com deficiência no seu dia a dia”.

Caso seja criado o Centro de Referência para Pessoas com Deficiência, ele será o primeiro do estado. Pode ser implantado em Crato, outra cidade do Cariri, ou ainda em Sobral ou Fortaleza, cidades que também discutiram a criação do serviço.

“O processo de desenvolvimento do Brasil como um todo ele relegou o interior durante muitos anos. Os grandes centros de reabilitação e habilitação de pessoas com deficiência sempre se localizam na capital e no litoral brasileiro e no Ceará não tem sido diferente” (Nághela G. Moura (à esquerda), participante do curso que defende implantação do centro no Cariri.



ATENÇÃO: Esse artigo é de direito reservado. Sua reprodução, parcial ou total, mesmo citando nossos links, é proibida sem a autorização do autor. PLÁGIO É CRIME e está previsto no artigo 184 do Código Penal. - e no artigo 5º da Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais.
Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Expediente

O Crato Em Foco é mantido por Robson Roque, jornalista, historiador, mestrando em Jornalismo e especialsita em Comunicação e Marketing em Mídias Digitais. Contato: (88) 9 9714-0886

Destaque

Prefeito de Crato garante urbanização da Baixada Fluminense

Recursos articulados pelo vereador Amadeu de Freitas (PT) junto a deputada federal Luizianne Lins (PT), por meio de emenda parlamentar, v...