Notícias de Crato, Ceará.

Moradores se incomodam com santinhos jogados nas ruas do Crato

Elza Fiúza/ Agência Brasil

Reportagem escrita por Rafael Pereira,
Fotógrafo e estudante de Jornalismo da UFCA

Mais de 140 milhões de brasileiros são esperados para as urnas neste domingo, 2 de outubro, para mais um ano de eleições que decidirá os próximos, ou a continuidades, de vereadores e prefeitos para os mais de 5.000 municípios da federação.

Enquanto o dia não chega a população de Crato reclama dos santinhos, papéis e cartazes com propaganda dos candidatos que são espalhados por ruas e que muitas vezes atrapalham a circulação dos passantes.

Moradora há mais de 40 anos no distrito de Dom Quintino, a senhora Maria Dasdores reclama na sujeira dos papeis que são jogados em principalmente nos dias finais de campanha politica:

“Todos os anos de eleição é assim. Eles (os candidatos), quando falta um dia antes, jogam papel na rua e dentro de casa. Quando amanhece já tem uns ali só esperando pra eu varrer”, reclama a senhora de 69 onde é surpreendida com os santinhos que são deixados em sua porta mesmo quando o dia amanhece. “Parece até desespero”, ela diz sorrindo.

Os candidatos tem que ter o cuidado para que não seja feita propaganda onde polua visualmente as vias e atrapalhe o tráfego. É o que recomenda o ministro do Tribunal Superior Eleitoral, Admar Gonzaga.

Foto: Fotos Públicas
“Tem que fazer uma campanha limpa. Não atrapalhar o andamento do tráfego das cidades”, conta. “Você vê que alguns candidatos, para atrair a vontade do eleitor, buscam até obstruir a sinalização, botar propaganda em árvores, emporcalhar a cidade. Fazem tudo aquilo que você não faria, que você não gostaria que fizesse em sua casa, e a cidade é sua casa”.

O ministro recomenta que para o dia da eleição não seja feito qualquer tipo de propaganda como distribuição de santinhos aos que estão indecisos em quem votar, ou seja, a famosa “boca de urna”, bem como a compra de votos onde todos são considerados crimes eleitorais que podem variar de 4 a 6 anos de prisão.

Para a compra de votos o ministro aconselha que o eleitor não se iluda mostrando que essa pratica é ilegal e que o eleitor desconfie de gastos elevados feitos durante o período de campanha pelos candidatos:

“O abuso do poder econômico também com propagandas com gastos muito elevados, ou seja, demonstra que de alguma forma esse candidato vai buscar dentro de seu mandato reaver aqueles gastos que ele fez”, diz o ministro, para acrescentar em seguida:

“Temos que buscar candidatos que venham com o convencimento tentando ganhar a nossa simpatia com suas propostas e não com o toca troca, a compra de votos, isso dai o eleitor deve se indignar e ficar aborrecido com esse tipo e comportamento”.

As eleições acontecem nesse domingo e as seções de votação serão abertas precisamente às 8 horas e terminam às 17 horas quando se encerra a votação. Esse ano terá uma novidade em Crato, que será a biometria onde o eleitor só será apto a votar se tiverem feito o recadastramento biométrico no fórum eleitoral da cidade.

Para o dia da votação é recomendado que o eleitor esteja munido de qualquer documento com foto e o titulo de eleitor.
ATENÇÃO: Esse artigo é de direito reservado. Sua reprodução, parcial ou total, mesmo citando nossos links, é proibida sem a autorização do autor. PLÁGIO É CRIME e está previsto no artigo 184 do Código Penal. - Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais.
Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Expediente

O Crato Em Foco é mantido por Robson Roque, jornalista, historiador, mestrando em Jornalismo e especialsita em Comunicação e Marketing em Mídias Digitais. Contato: (88) 9 9714-0886

Destaque

Prefeito de Crato garante urbanização da Baixada Fluminense

Recursos articulados pelo vereador Amadeu de Freitas (PT) junto a deputada federal Luizianne Lins (PT), por meio de emenda parlamentar, v...