Notícias de Crato, Ceará.

Lula virá ao Crato em julho para receber título na URCA

Ex-presidente receberá título honoris causa, na URCA | Foto: Reprodução da internet
O ex-presidente virá ao Crato no dia 12 de julho para receber o título honoris causa da Universidade Regional do Cariri (URCA). Na agenda, confirmada pelo deputado José Guimarães, ainda consta ida à Barbalha, onde Lula conversará com o governador Camilo Santana.

Conforme notícia veiculada pelo Jornal O Povo, Lula cumprirá agenda de compromissos no Ceará: receberá o título pela manhã, na URCA; às 15h encontra-se com o governador, em Barbalha; e a noite segue para capital, local onde deve anunciar apoio à candidatura de Luizinne Lins (PT) à prefeitura de Fortaleza.

Durante a visita ao Cariri, o ex-presidente deverá se fazer acompanhar por pré-candidatos do PT e de partidos aliados à prefeituras locais. Segundo o deputado Guimarães, a visita visa fortalecer as estratégias de campanhas do partido na região.

  Escolha tipo e tamanho da fonte do texto:
ATENÇÃO: Esse artigo é de direito reservado. Sua reprodução, parcial ou total, mesmo citando nossos links, é proibida sem a autorização do autor. PLÁGIO É CRIME e está previsto no artigo 184 do Código Penal. - Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais.
Compartilhe:

Sem a Portuguesa, FCF divulga tabela da Série C

Foto: Alto Santo/ Divulgação

A Federação Cearense de Futebol (FCF) divulgou, nesta segunda-feira, 27, em seu site oficial, a tabela completa de jogos do Campeonato Cearense Série C.

Este ano a competição será disputada por apenas três equipes. A Portuguesa do Crato não quitou dívidas antigas com a CBF e, por isso, ficou fora da competição.

Confira os jogos:


Domingo, 04/09/2016
  16:00  |   Esporte x Tianguá
Domingo, 11/09/2016
  16:00  |   Tianguá x Palmácia
Domingo, 18/09/2016
  16:00  |   Palmácia x Esporte
Domingo, 25/09/2016
  16:00  |   Esporte x Palmácia
Domingo, 02/10/2016
  16:00  |   Palmácia x Tianguá
Domingo, 09/10/2016
  16:00  |   Tianguá x Esporte

  Escolha tipo e tamanho da fonte do texto:
ATENÇÃO: Esse artigo é de direito reservado. Sua reprodução, parcial ou total, mesmo citando nossos links, é proibida sem a autorização do autor. PLÁGIO É CRIME e está previsto no artigo 184 do Código Penal. - Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais.
Compartilhe:

Dr. Leitão abre mão de ser vice de Zé Ailton Brasil e justifica decisão

Dr. Leitão e Zé Ailton Brasil | Foto: Reprodução da internet
Segundo lugar nas pesquisas que definiram Zé Ailton Brasil como candidato da Frente Crato Popular às eleições municipais deste ano, Dr Leitão revela o que o motivou a não aceitar a posição de vice-prefeito.

Entre outras coisas, Moura afirma que vai apoiar Zé Ailton Brasil e o vice André Barreto em sua candidatura à prefeitura do Crato. Comenta, também, o desejo de ser prefeito do Crato em eleições futuras.

Ouça a matéria:



O áudio acima foi produzido e veiculado por Robson Roque, autor deste blog, no Jornal da Noite (Rádio FM Padre Cícero 104,9), edição desta segunda-feira 27 de junho. 

O Jornal da Noite vai ao ar de segunda a sábado, de 18h às 19h na Rádio FM Padre Cícero 104,9. 

  Escolha tipo e tamanho da fonte do texto:
ATENÇÃO: Esse artigo é de direito reservado. Sua reprodução, parcial ou total, mesmo citando nossos links, é proibida sem a autorização do autor. PLÁGIO É CRIME e está previsto no artigo 184 do Código Penal. - Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais.
Compartilhe:

Federação confirma a Portuguesa na Série C

Dirigentes da Lusa estiveram na sede da FCF | Foto: Portuguesa/ Divulgação
A participação da Portuguesa do Crato na Série C do Campeonato Cearense foi confirmada pela Federação Cearense de futebol. Na última sexta-feira, 17, o presidente da Lusa, Genival Soares, esteve na sede da FCF, em Fortaleza, para tratar da questão.

Nesta terça-feira, 21, a FCF confirmou, além da Lusa, Esporte Limoeiro, Juazeiro, Palmácia e Tianguá. Essas equipes terão que indicar estádios com laudos em dia, como requisito para disputar a Série C. Por não ter cumprido algumas exigências, o Limoeiro Futebol Clube não poderá disputar o certame.

Uma reunião agendada para às 15h da próxima sexta-feira vai definir detalhes da Série C, como fórmula de disputa, tabela, calendário de jogos. A abertura deve acontecer em agosto e marcará, portanto, o retorno da Portuguesa à competições oficiais após 19 anos desativada.   


  Escolha tipo e tamanho da fonte do texto:
ATENÇÃO: Esse artigo é de direito reservado. Sua reprodução, parcial ou total, mesmo citando nossos links, é proibida sem a autorização do autor. PLÁGIO É CRIME e está previsto no artigo 184 do Código Penal. - Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais.
Compartilhe:

Papa Francisco fala sobre o Padre Cícero ao receber Dom Fernando Panico

Dom Fernando Panico é recebido pelo Papa Francisco | Foto: Diocese do Crato - Divulgação
O Papa Francisco declarou positivamente em relação ao Padre Cícero ao receber o Bispo licenciado de Crato, Dom Fernando Panico na Praça São Pedro, em Roma, na tarde desta quarta-feira, 15.

Panico era acompanhado pelo padre Cícero José e Frei Barbosa, párocos, respectivamente, da Basílica de Nossa Senhora das Dores e do Santuário de São Francisco das Chagas, de Juazeiro do Norte.

Ao receber Panico, o Papa Francisco, foi presenteado com uma estatueta de madeira e declarou: “Sim, o padre Cícero. Quero fazer mais por essa causa”.

“Agradeci Francisco pelos seus ensinamentos e testemunho profético, além de manifestar a imensa gratidão da nação romeira pela simpatia que o Papa tem com a causa do Padre Cícero Romão”, disse ao Papa o bispo do Crato.

  Escolha tipo e tamanho da fonte do texto:
ATENÇÃO: Esse artigo é de direito reservado. Sua reprodução, parcial ou total, mesmo citando nossos links, é proibida sem a autorização do autor. PLÁGIO É CRIME e está previsto no artigo 184 do Código Penal. - Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais.
Compartilhe:

Câmara aprova convênio entre Prefeitura e Portuguesa

Direção da Lusa esteva em sessão da Câmara | Foto: Robson Roque - Crato Em Foco
Com aceitação unânime, a Câmara de Vereadores do Crato aprovou, na sessão desta terça-feira, 14, que a prefeitura firme convênio com a Portuguesa.

A Lusa, desta forma, fica apta a receber aporte financeiro do poder público municipal para disputar a Série C do Campeonato Cearense.

O aporte financeiro foi firmado há alguns dias durante almoço entre dirigentes da Portuguesa e o prefeito Ronaldo Sampaio Gomes de Mattos. Valores não foram confirmados.

  Escolha tipo e tamanho da fonte do texto:
ATENÇÃO: Esse artigo é de direito reservado. Sua reprodução, parcial ou total, mesmo citando nossos links, é proibida sem a autorização do autor. PLÁGIO É CRIME e está previsto no artigo 184 do Código Penal. - Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais.
Compartilhe:

Crato tenta contratação de Jorge Luiz

Foto: Robson Roque - Crato Em Foco
De olho na Taça Fares Lopes o Crato está de olho no técnico Jorge Luiz, que voltou a comandar equipes no futebol paraibano - começou o ano no Sousa e estava no Paraíba.

A diretoria azulina tenta viabilizar a contratação de Jorge Luiz buscando aporte financeiro para mantê-lo no clube.

A contratação, se der certo, reeditará parceria vitoriosa na Paraíba quando Jorge Luiz como técnico e o atual diretor de futebol do Crato, Lamar, então jogador, conquistaram títulos.

Com informações do Blog do Fabiano Rodrigues


  Escolha tipo e tamanho da fonte do texto:
ATENÇÃO: Esse artigo é de direito reservado. Sua reprodução, parcial ou total, mesmo citando nossos links, é proibida sem a autorização do autor. PLÁGIO É CRIME e está previsto no artigo 184 do Código Penal. - Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais.
Compartilhe:

Documentário filmado em Crato será exibido na Europa

Texto e fotos: Rafael Pereira,
Estudante de Jornalismo da UFCA
Pedro Lucas criou o "Museu do Luiz Gonzaga" Em Dom Quintino | Foto: Rafael Pereira - Crato Em Foco

Dois repórteres e dois cinegrafistas estão em Dom Quintino, zona rural de Crato, produzindo um documentário a ser exibido em Londres e outras cidades da Europa. A equipe, está no município desde segunda-feira, hospedados no distrito com vários equipamentos cenográficos coletando pessoas e suas histórias para mostrar aos europeus um Brasil, e em especial povo nordestino, que não estão acostumados a ver. O protagonista e fio condutor do documentário será o garoto Pedro Lucas, de apenas 11 anos, criador do Museu de Luiz Gonzaga em Crato.

São eles: Sergio Utsch, brasileiro correspondente de TV na Inglaterra; Emerson Penha, mineiro e repórter com grande experiência internacional; Fábio Damasceno, também mineiro, mas que mora em Brasília e é repórter cinematográfico com larga carreira e uma bagagem de prêmios em reportagens; e Louis Blair, também cinematógrafo e único inglês da turma.

A produção é independente e leva a ideia de ajudar as pessoas a ver um Brasil de outra forma em que a maioria está acostumada com o país do samba, do futebol, das riquezas naturais ou da corrupção, mas mostrar seu povo, em especial o nordestino, ou, como contam os produtores, “um Brasil profundo”.

Sergio Utsch falou ao Crato Em Foco e diz que ele e Louis descobriram, em Londres, a história de Pedro Lucas. Os dois são parceiros em reportagens e sempre quiseram fazer documentários pelo Brasil. “Eu sugeri que ele fizesse um Brasil bonito, um Brasil inocente, profundo. Um país que os europeus não conhecem bem”, conta. A ideia já estava na cabeça e, logo aprovada, os quatro partiram a busca do garoto Pedro Lucas.

História que fascina
A história da inocência de um menino que constrói um museu sozinho mudando a realidade de um distrito da zona rural, que tem outra história de uma senhora em que seu avô negro, na época escravo, casou com a avó branca descendente de italianos. Um povo que luta pelo básico da sobrevivência que é apenas ter garantia do prato de comida na mesa todos os dias. Uma gente que não vive só da luta pela sobrevivência, mas que também dá voz a imaginação escrevendo cordel e tocando o trio sanfona, triângulo e zabumba debaixo de um juazeiro. Gente de fé que se fazem aos montes ao pé da estátua do Padre Cícero para agradecer ou pedir uma graça.

Este é o Brasil imaginado na cabeça e que será reproduzido pelas lentes desses produtores. “São pílulas de histórias que ajudam a desenhar a personalidade do povo nordestino”, é o que enfatiza Sergio Utsch em entrevista ao Crato Em Foco.

A duração do documentário e o nome ainda são planejados, visto que a equipe, por enquanto, está apenas coletando imagens que demandarão cuidadoso trabalho de edição que o transformará em curta ou longa-metragem. Segundo os produtores, tudo é feito sob bastante planejamento.

Eles prometem que será um bom trabalho quando estiver pronto e que também não tem prazo definido para finalização e exibição, que talvez, ainda segundo eles, ocorrerá em agosto no continente europeu.

  Escolha tipo e tamanho da fonte do texto:
ATENÇÃO: Esse artigo é de direito reservado. Sua reprodução, parcial ou total, mesmo citando nossos links, é proibida sem a autorização do autor. PLÁGIO É CRIME e está previsto no artigo 184 do Código Penal. - Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais.
Compartilhe:

Justiça obriga ExpoCrato a cumprir 14 exigências sob pena de multa

Parque de Exposições do Crato | Foto: Reprodução da Internet
A ExpoCrato deverá cumprir 14 determinações relacionadas à normas de saúde e higiene do trabalho e coibir a exploração do trabalho infantil durante o evento que acontece de 10 a 17 de julho deste ano. A decisão partiu de liminar proferida na última sexta-feira pela 2ª Vara do Trabalho do Cariri em ação civil pública contra o Estado do Ceará, mantenedor do Parque de Exposições e organizador do evento. Ainda foi estipulada uma multa de R$ 30 mil para cada vez que qualquer uma das 14 exigência não for cumprida.

A ação civil pública deu entrada visto que desde 2012, conforme o Ministério Público do Trabalho (MPT), identificou condutas que desrespeitam normas de medicina e segurança do trabalho durante a produção e realização do evento. Em 2013 foi firmado um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) através do qual a organização do evento se propôs a solucionar a problemática identificada.

Nos anos seguintes, segundo o MPT, os itens do TAC não foram cumpridos. O órgão apresentou provas em 90 autos de infração emitidos por fiscais do Ministério do Trabalho e Emprego que incluíam relatórios e registros fotográficos.

"Destaca-se a conduta dos expositores dos animais que submetem seus empregados a degradantes condições de trabalho, quando permitem que estes desfrutem seus intervalos destinados ao repouso no mesmo local onde são alocados os animais e sem as mínimas condições de higiene", afirma trecho da decisão.

Determinações
Entre as determinações estão a formalização do contrato de trabalho para os empregados que trabalhem na exposição; construção de alojamentos com banheiros, camas e armários para os trabalhadores; disponibilização de área de vivência com local para refeição dos empregados; disponibilização de instalações sanitárias adequadas próximas às estações de trabalho, com papel higiênico, água limpa e sistema de esgoto; instalação de bebedouros para os trabalhadores; proibição de qualquer trabalho a menores de 16 anos, não admitindo menores de 18 anos em trabalho noturno, perigoso ou insalubre; dentre outras exigências.

Uma primeira audiência para tratar dessa questão está marcada para o dia 16 de junho.


  Escolha tipo e tamanho da fonte do texto:
ATENÇÃO: Esse artigo é de direito reservado. Sua reprodução, parcial ou total, mesmo citando nossos links, é proibida sem a autorização do autor. PLÁGIO É CRIME e está previsto no artigo 184 do Código Penal. - Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais.
Compartilhe:

Portuguesa acerta parceria com a prefeitura para disputar a Série C

Acordo foi firmado durante almoço nesta segunda-feira | Foto: Portuguesa - Divulgação

Durante almoço entre o prefeito Ronaldo Gomes de Mattos (PSC) e membros da diretoria da Portuguesa nesta segunda-feira, Prefeitura e Lusa firmaram acordo que dará aporte financeiro ao time cratense que disputará a Série C do Campeonato Cearense.

Os valores não foram repassados pela diretoria da Portuguesa que se prepara para disputar a terceira divisão cearense. Com time formado por alguns jogadores conhecidos do torcedor cratense, a exemplo do zagueiro Ricardo e do atacante Nael, a Lusa empatou em 3 a 3 com o Icasa no último domingo.

A Série C Cearense ainda não tem dada confirmada para o seu início e, enquanto não acontece, a Lusa segue treinando e deve realizar novos amistosos.

  Escolha tipo e tamanho da fonte do texto:
ATENÇÃO: Esse artigo é de direito reservado. Sua reprodução, parcial ou total, mesmo citando nossos links, é proibida sem a autorização do autor. PLÁGIO É CRIME e está previsto no artigo 184 do Código Penal. - Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais.
Compartilhe:

Verônica Carvalho | Cratenses que você deveria conhecer #1

Verônica Carvalho: “Resistência é feminino, água é feminino, planeta é feminino” |
Foto: Arquivo Pessoal
Texto: Rafael Pereira, 
estudante de Jornalismo da UFCA

A última edição da Cariri Revista trouxe uma homenagem às mulheres do Cariri. A edição especial estampou a foto do rosto de Verônica Carvalho como uma construção de dezenas de retratos de outras mulheres formando um mosaico que terminava mostrando seu semblante. Nessa representação simbólica, a Cariri Revista quis retratar a figura e a personalidade de Verônica como um espelho e uma inspiração para muitas mães de família, jovens, idosas, trabalhadoras, enfim mulheres. Sua história é uma história de luta pelos oprimidos, e principalmente, dos que não têm voz para lutar contra uma sociedade machista que expande a violência em todas as direções. Sua trajetória é uma luta contra a discriminação e o preconceito.

A pergunta seguinte é meio instigante, de quem já chega chegando, querendo invadir seu interior: Quem é Verônica Carvalho? Ela hesita, ri um pouco da surpresa, dá uma volta em toda a sua vida e trajetória. Não dá outra e responde de uma vez sem pensar: “É uma cidadã como outra qualquer, que de repente tá tentando contribuir. Alguém que fica indignada e não fica em cima do muro. Fica indignada com as desigualdades, com as violências. E tenho como propósito da minha vida lutar”.

E em sua vida ela continua lutando desde o tempo que começou com movimentos de paróquia como jovem. Afirma que essa vocação vem desde quando “se entende por gente”. Mas sua identificação está no movimento negro e principalmente no feminismo negro. Católica convicta, vê nas religiões de matriz africana um completo respeito porque acredita que ali está a raiz sagrada de seu povo. Tanto é que criou, junto com sua irmã gêmea Valéria e outras ativistas, o GRUNEC (Grupo de Valorização Negra do Cariri) entidade que tem por objetivo mostrar à sociedade que os negros tiveram, sim, uma grande participação na construção da história da região realizando uma marcha pelo centro de Juazeiro do Norte, todos os anos, com sacerdotes e fiéis do Candomblé. Escolheu defender sua cor não por apenas pertencimento, mas também porque sentiu a vulnerabilidade desse grupo social diante de uma sociedade que discrimina.

Nos movimentos sociais ela também está a frente, em primeiro pelotão, de um rico exército de gays, mulheres e negras para defenderem seus direitos em busca de uma sociedade mais justa. Vê nos movimentos muito entusiasmo reconhecendo que eles ultimamente ganharam muita amplitude com o apoio das universidades. “Mas ainda temos muita coisa pra fazer até conseguirmos de fato essa sociedade que queremos”. Assim é como ela vê os desafios na atualidade em que não apenas basta ir para a rua e gritar, mas é preciso consciência mais humanizada na mente das pessoas, porque o “preconceito é muito grande ainda”, diz.

Ela também se adianta, com suas companheiras, para protestar contra casos de violência contra mulheres no Cariri. O último, ainda sem solução, ela busca respostas para o desaparecimento da jovem Rayane, ocorrido há mais de 70 dias, sem paradeiro e muito menos respostas. Mas reconhece que a Justiça tem suas morosidades, mas vê que durante os últimos tempos tem-se avançado bastante, como a criação da Delegacia da Mulher e a autoridade policial está ouvindo mais para apurar os fatos. Mas vê que na sujeição do homem pela mulher tem gerado no Cariri um verdadeiro matadouro de mulheres, assegurando que as mulheres negras também são vítimas. É contra essa subordinação disciplinar que luta, para mostrar que somos todos iguais independentes de sexo, cor ou orientação sexual.

Foto: Arquivo Pessoal

Sobre sua foto estampada na Cariri Revista, ela diz que foi uma surpresa: “para mim foi bom porque foi uma maneira de me ver, foi interessante me ver”. Esta foto foi para a reportagem especial “Mexeu com uma, mexeu com todas” que fala sofre o feminismo no Cariri. Verônica é humilde o suficiente em afirmar: “Eu quero que as outras negras se vejam também porque eu acho que isso é fruto de uma luta não minha, mas de um conjunto”. É assim que ela assevera, com muita convicção, que a luta e as conquistas não pertencem a ela própria, mas a suas companheiras, sendo uma luta que não é individual, mas coletiva. “Eu não nasci para modelo”, ri.

Hoje, além do GRUNEC, e dos movimentos mulheres, ela atua na Cáritas Diocesana e no Concelho Municipal da Mulher Cratense. Gente de personalidade forte, mas também de alegria e de vontade de viver. O que ela espera da vida?: “Viver meu filho, eu quero é viver!”. Confirma insistentemente que quer ser como qualquer ser humano: viver em paz e com dignidade. Mas ainda está convicta de que a luta não pára, que mesmo ao se aposentar não quer estacionar na vida porque garante que terá mais tempo para as lutas e continuar trabalhando. O que ela vai continuar fazer? “Vou fazer o que tem de ser feito. Como? Resistindo. Resistir e lutando, indo para as ruas e movimentando as pessoas”.


  Escolha tipo e tamanho da fonte do texto:
ATENÇÃO: Esse artigo é de direito reservado. Sua reprodução, parcial ou total, mesmo citando nossos links, é proibida sem a autorização do autor. PLÁGIO É CRIME e está previsto no artigo 184 do Código Penal. - Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais.
Compartilhe:

Portuguesa do Crato empata com o Icasa em seu retorno ao futebol

Portuguesa e Icasa jogaram sob chuva no Mirandão | Foto: Blog do Fabiano Rodrigues (Cortesia)

De volta ao futebol após 19 anos, a Portuguesa empatou em 3 a 3 com o Icasa em amistoso disputado na tarde deste domingo, 5, no estádio Mirandão. A Lusa se prepara para disputar a Série C do Campeonato Cearense, enquanto o Verdão a Série D do Campeonato Brasileiro.

Alex abriu o placar para a Lusa que ampliou a vantagem ainda no primeiro tempo com Lucas Obina. Antes do intervalo Erick descontou para o Icasa. No início do segundo tempo Wellington Junior empatou para o Icasa em falha gritante do goleiro Neto.

Na metade da etapa complementar Nael passou por três jogadores antes de marcar belo gol, porém a dois minutos do final da partida o zagueiro Fernandes tentou de longe, a bola desviou e a partida terminou empatada em 3 a 3.

A Portuguesa seguirá treinando e promoverá outros amistosos em preparação para a Série C que ainda não tem data certa para começar. Já o Icasa estreia na Série D no próximo domingo quando vai enfrentar o Juazeirense, em Juazeiro (BA).

ATENÇÃO: Esse artigo é de direito reservado. Sua reprodução, parcial ou total, mesmo citando nossos links, é proibida sem a autorização do autor. PLÁGIO É CRIME e está previsto no artigo 184 do Código Penal. - Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais.
Compartilhe:

Com retrospecto positivo, Portuguesa encara o Icasa neste domingo

Foto: Montagem - Crato Em Foco

Após 19 anos a Portuguesa do Crato volta à ativa. Neste domingo a Lusa vai encarar o Icasa em amistoso, às 16h no estádio Mirandão. Os ingressos serão vendidos a R$ 10,00 a partir das 15h nas bilheterias do estádio.

A Lusa se prepara para disputar a Série C do Campeonato Cearense e o amistoso servirá - além de apresentar o time à torcida - para o técnico Orlando Caulin conhecer seus jogadores em condições reais de jogo e definir se necessitará de outros reforços.

Retrospecto positivo
A Portuguesa leva vantagem sobre o Icasa no histórico de confrontos. Durante o Campeonato Cearense da primeira divisão em 1996 e 1997 as equipes se enfrentaram oito vezes: a Lusa venceu 3, o Verdão 2, e houve ainda 3 empates.

O time cratense também leva vantagem sobre os juazeirenses no critério de gols marcados, tendo balançados as redes icasianas por nove vezes, enquanto sofreu seis gols.

Confira todos os jogos entre as duas equipes:

Campeonato Cearense 1996
Portuguesa 3x1 Icasa
Icasa 1x1 Portuguesa
Icasa 2x1 Portuguesa
Portuguesa 0x0 Icasa
Portuguesa 1x0 Icasa
Icasa 1x0 Portuguesa

Campeonato Cearense 1997
Icasa 0x2 Portuguesa
Portuguesa 1x1 Icasa


  Escolha tipo e tamanho da fonte do texto:
ATENÇÃO: Esse artigo é de direito reservado. Sua reprodução, parcial ou total, mesmo citando nossos links, é proibida sem a autorização do autor. PLÁGIO É CRIME e está previsto no artigo 184 do Código Penal. - Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais.
Compartilhe:

Crato registra arco-íris raro nesta sexta-feira

Foto: Reprodução da Internet
No final da tarde desta sexta-feira, por volta das 17h, moradores do Crato presenciaram o que a ciência chama de “arco-íris gêmeo”, uma rara formação óptica.

São dois arco-íris concêntricos: um mais intenso e outro mais pálido. De acordo com o professor Paulo de Tarso Cavalcante Freire, do departamento de física da Universidade Federal do Ceará, em entrevista ao G1, o arco-íris duplo se forma quando

"os raios de luz oriundos do Sol, além de refratar e refletir uma única vez, produzindo o arco-íris primário, reflete também uma segunda vez no interior das gotas de chuva, dando origem a um segundo arco-íris, com cores mais fracas”.

Ainda segundo o professor, as cores do segundo arco-íris aparecem na ordem contrária ao arco-íris mais intenso.

Este segundo arco-íris, o arco-íris secundário, possui cores que aparecem na ordem contrária ao do arco-íris primário, ou seja, abaixo fica a cor vermelha e acima fica a cor azul, exatamente pelo fato da luz solar ter sido refletida duas vezes no interior das gotícula'', diz o professor.

Foto: Robson Roque - Crato Em Foco


  Escolha tipo e tamanho da fonte do texto:
ATENÇÃO: Esse artigo é de direito reservado. Sua reprodução, parcial ou total, mesmo citando nossos links, é proibida sem a autorização do autor. PLÁGIO É CRIME e está previsto no artigo 184 do Código Penal. - Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais.
Compartilhe:

Crato contrata primeiro jogador estrangeiro de sua história

Marcelo Londoño (de preto), de 23 anos | Foto: Crato- Divulgação
Fora da Série B Cearense, o Crato já foca na Taça Fares Lopes e na noite esta quinta-feira, 2, acertou a contratação de seu primeiro jogador estrangeiro: o colombiano Marcelo Londoño, de 23 anos.

Londoño é meia e disputou a Série B Cearense pelo Barbalha. Ele se profissionalizou em 2014 no Atlético Nacional, da Colômbia, onde atuou até ser contratado pela Raposa barbalhense.

Perfil do Jogador:
Nome: Janellis Marcelo Londoño Palacio
Idade: 23 anos (11/05/1993)
Naturalidade: Envigado, Colômbia
Altura/ Peso: 1,70m/ 66kg

  Escolha tipo e tamanho da fonte do texto:
ATENÇÃO: Esse artigo é de direito reservado. Sua reprodução, parcial ou total, mesmo citando nossos links, é proibida sem a autorização do autor. PLÁGIO É CRIME e está previsto no artigo 184 do Código Penal. - Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais.
Compartilhe:

Expediente

O Crato Em Foco é mantido por Robson Roque, estudante de Jornalismo (penúltimo semestre/ UFCA) e pós-graduado em Comunicação e Marketing Em Mídias Digitais. Contato: (88) 9 9714-0886

Destaque

Prefeito de Crato garante urbanização da Baixada Fluminense

Recursos articulados pelo vereador Amadeu de Freitas (PT) junto a deputada federal Luizianne Lins (PT), por meio de emenda parlamentar, v...