Notícias de Crato, Ceará.

Mais da metade dos vereadores do Crato troca de partido; veja nova configuração da Câmara

“A política é dinâmica”. A frase dita pelo então governador do Ceará Luiz Gonzaga da Mota na década de 1980 está mais atual do que nunca. Ela é utilizada para justificar ações que políticos tomam, como mudar de partido, o que vem acontecendo em Crato e atingiu mais da metade da Câmara de Vereadores.

Dez dos 19 vereadores do Crato aproveitaram a janela de transferência do último sábado e deixaram os partidos com os quais foram eleitos para integrar outras agremiações.

O presidente da Câmara, Pedro Alagoano, tinha anunciado sua ida para o PDT, porém mudou de ideia e agora integra os quadros do PSD, partido presidido em Crato pelo pré-candidato a prefeito Rafael Branco.

Líder do prefeito na Câmara, o vereador Paulo de Tarso deixou o PMDB para acompanhar o gestor cratense no Partido Social Cristão, o PSC.

Os vereadores Marquinhos do Povão e Galego da Batateira deixam o PMDB e entram no PSD. Também se filiam ao PSD os vereadores Espedito Ancelmo, que deixou o PTN; e o presidente Pedro Alagoano.

Além deles, Dárcio Luiz confirmou sua saída do PSDB e ida para o PDT; Henrique Leite saiu do PV para o PSC; Celso dos Frangos trocou o PP pelo PRTB; Nágila Rolim o PSB pelo PRTB; e Fernando Brasil que também deixa o PSB e vai para o PP.

Permaneceram em seus partidos o petista Amadeu de Freitas; Roberto Anastácio no PTN, Luis Carlos e Luciano Saraiva no PSL, Jales Velloso no PSB, Thiago Esmeraldo no PP, Guer no PSDB, Guri no PV e Nando Bezerra no PTB.

Com as trocas partidárias o PSD, que perdeu a vereadora Nágila Rolim, ganha a adesão de quatro vereadores e se torna o partido com maior representação na Câmara do Crato.

Partidos que não eram representados também se fortalecem. São os casos de PSC e PRTB que agora possuem dois vereadores cada um. O PSDB que tinha dois parlamentares conta apenas com o vereador Guer lhe representando. O Partido Progressista perdeu um vereador, ganhou outro e permanece com duas cadeiras.

O PSL permanece com dois vereadores. O mesmo acontece para PT, PTN e PTB que não tiveram perda ou adesão e continuam com uma cadeira cada um.

Já o PMDB perdeu três vereadores e fica sem representação na Câmara. Por fim, o Partido Verde perdeu a única representação que tinha, quando o vereador Henrique Leite foi para o partido do Prefeito Ronaldo, o PSL.

Confira a nova configuração da Câmara de Vereadores do Crato:


  Escolha tipo e tamanho da fonte do texto:
ATENÇÃO: Esse artigo é de direito reservado. Sua reprodução, parcial ou total, mesmo citando nossos links, é proibida sem a autorização do autor. PLÁGIO É CRIME e está previsto no artigo 184 do Código Penal. - Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais.
Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Expediente

O Crato Em Foco é mantido por Robson Roque, estudante de Jornalismo (penúltimo semestre/ UFCA) e pós-graduado em Comunicação e Marketing Em Mídias Digitais. Contato: (88) 9 9714-0886

Destaque

IFCE Crato abre inscrições para curso de Hidroponia

Hidroponia cultiva com menos uso de água. Foto: IFCE Crato Estão abertas de 18 a 23 de março as inscrições para um curso de hidroponi...