Notícias de Crato, Ceará.

Detentos da Cadeia Pública vão cultivar horta como meio para ressocialização

Integrantes da ONG Nova Vida e estudantes da UFCa estiveram na
Cadeia Pública analisando o terreno cedido para o projeto:
Foto: Elizangela Santos - Diário do Nordeste
Detentos da Cadeia Pública de Crato vão plantar hortas como forma de ressocialização. O projeto, pioneiro na região do Cariri, acontece em parceria entre a Organização Não Governamental (ONG) Nova Vida e a Universidade Federal do Cariri (UFCA) e conta com apoio do governo alemão.

As atividades começam em abril e devem beneficiar, inicialmente, vinte detentos em quatro turmas de trabalho, entre homens e mulheres que cumprem algum tipo de pena. Toda a atividade terá a supervisão de estudantes de agronomia da UFCA.

Alguns detentos, bem como o tipo de material que poderão ser utilizados nas atividades, serão definidos na etapa de implementação do projeto que visa a ressocialização dos presos. Agentes penitenciários vão monitorar as atividades das hortas que serão cultivadas dentro da cadeia pública.

Texto da matéria: Robson Roque, com informações e fotos da repórter Elizangela Santos. A  reportagem na íntegra, feita por Santos no Diário do Nordeste deste domingo, pode ser lida clicando AQUI.


  Escolha tipo e tamanho da fonte do texto:
ATENÇÃO: Esse artigo é de direito reservado. Sua reprodução, parcial ou total, mesmo citando nossos links, é proibida sem a autorização do autor. PLÁGIO É CRIME e está previsto no artigo 184 do Código Penal. - Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais.
Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Expediente

O Crato Em Foco é mantido por Robson Roque, jornalista, historiador, mestrando em Jornalismo e especialsita em Comunicação e Marketing em Mídias Digitais. Contato: (88) 9 9714-0886

Destaque

Urca consegue aprovação de novo mestrado

A Universidade Regional do Cariri (Urca), através do Departamento de Economia, teve aprovado o seu mestrado acadêmico em Economia Regiona...