Notícias de Crato, Ceará.

Entenda como funciona o pluviômetro do canal do Rio Grangeiro

Pluviômetro foi instalado na ponte sobre a Rua Nossa Senhora de Fátima | Foto: Blog Crato Em Foco
Em janeiro de 2011 uma chuva de 162 milímetros deixou o Centro do Crato e toda o curso da Avenida José Alves de Figueiredo como se fosse um cenário de guerra. Após a reconstrução do canal que durou alguns meses, a prefeitura resolveu colocar um pluviômetro com o objetivo de detectar grande volume de chuvas e alertar a Defesa Civil.

Assim, quando uma precipitação atinge os 90 milímetros, automaticamente dados são enviados para que a Defesa Civil municipal, estadual e federal seja acionada. Foi o que aconteceu na madrugada dessa quarta-feira, 25, quando a cidade registrou chuva de 105mm.

De acordo com o Secretário de Cidade, José Muniz, a obra de reconstrução do canal - feita duas vezes após chuvas de 162mm em 2011 e 92mm em 2012 – não suporta chuva superior aos 90mm.

"A obra como foi feita não garante que o volume criado por precipitações acima de 90 milímetros seja suportado. É preciso criar um amplo sistema de drenagem, atendendo a áreas críticas no município, para que haja a condição de não mais ser verificado o transbordamento das águas deste equipamento em períodos de chuvas mais intensas", avaliou o secretário em entrevista ao Diário do Nordeste.

O pluviômetro foi instalado na ponto que passa sobre a Rua Nossa Senhora de Fátima (Ladeira da Integração) que dá acesso aos Bairros Pimenta e Seminário.

Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Expediente

O Crato Em Foco é mantido por Robson Roque, estudante de Jornalismo (penúltimo semestre/ UFCA) e pós-graduado em Comunicação e Marketing Em Mídias Digitais. Contato: (88) 9 9714-0886

Destaque

Moradores reclamam de obra paralisada em Crato

Moradores do entorno da Encosta do Seminário foram surpreendidos, em abril, por uma forte chuva que derrubou parte do paredão da Encosta....